sábado, 24 de abril de 2010

A FORMAÇÃO DA URINA

Cada rim humano é formado por inúmeros néfrons. Cada néfron, por sua vez, inicia-se por uma cápsula de Bowman, onde ocorre a filtração glomerular do sangue. O plasma que se extravasa para o interior dos néfrons tem o nome de filtrado e não deve conter células sanguíneas nem macromoléculas, como proteínas. O filtrado contém moléculas relativamente pequenas, passíveis de filtração nos glomérulos. O filtrado passa da cápsula de Bowman para o interior do túbulo proximal, onde se reinicia a reabsorção renal. Na alça de Henle, em sua porção ascendente, ocorre a absorção de Na+, por transporte ativo. E ocorre um fluxo de Cl- do filtrado para o sangue. O sangue, assim, readquire uma razoável quantidade de NaCl, fazendo com que, ao atingir o túbulo distal, a concentração do filtrado se torne hipotônica em relação ao sangue. Assim, no túbulo distal deve ocorrer um fluxo osmótico de água para o interior dos capilares sanguíneos. Os hormônio antidiurético (ADH) aumenta a permeabididade do túbulo distal e, dessa forma, determina maior reabsorção de água. O líquido restante no interior do túbulo distal passa para o interior dos túbulos coletores, onde a reabsorção de água continua, formando a urina

2 comentários:

Anônimo disse...

ótima explicação!!

Anônimo disse...

OTIMO!
NOS AJUDOU MUINTO NO NOSSO TRABALHO DA ESCOLA !