segunda-feira, 21 de abril de 2008

3o ano - aula 2 - O CONCEITO DE ESPÉCIE

O conceito de espécie ainda á uma questão polêmica na Biologia. Lineu acreditava que todas as espécies poderiam ser reconhecidas por suas características estruturais típicas, que as distinguia de outras espécies. Hoje sabemos que a utilização unicamente de características estruturais é insuficiente para identificar uma espécie, pois existem espécies morfologicamente semelhantes ou idênticas, com cargas genéticas, bioquímicos, comportamento ou aspectos ecológicos diferentes, sendo que apenas um estudo minuncioso pode detectar.
Espécies são populações de indivíduos muito semelhantes quanto a aspectos morfológicos, genéticos, bioquímicos, etc., e que são capazes de, em condições naturais, cruzar entre si, gerando descendentes férteis, estando reprodutivamente isolados de indivíduos de outras espécies.
Em condições normais, seres de espécies diferentes não se reproduzem, ou seja, não trocam genes. Espécies muito próximas, como cavalos e jumentos podem se cruzar, porém seus descendentes, mulas e burros não são férteis, são híbridos estéreis.
A mula é um híbrido estéril

3 comentários:

patricia9rbd disse...

Aweeee Tio !!!Tah famoso hein?Bjão!!:)

Helena disse...

blog tá ótimo!Adorei!
Tá nos favoritos já...e depois vou ler a origem das espécies!hahaha
bjao

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.